Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Sobre o programa

Sobre o programa

Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas (Conceito CAPES 5)

PIPGCF UFSCar-UNESP, um resultado de sinergismo

 

O PIPGCF iniciou em agosto de 2009 com a característica interinstitucional de Associação Ampla entre Instituições de Ensino Superior (IES), conforme definida pelo Aplicativo para Proposta de Curso Novo (APCN) de 2008 da CAPES: “Associação Ampla, AA, caracteriza-se pelo fato de duas e até quatro IES se associarem para, de forma institucionalmente articulada e oficializada, co-patrocinarem a criação e manutenção do programa de pós-graduação.”

O PIPGCF constitui uma derivação recente do PPGCF, Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, criado no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da UFSCar em dezembro de 1992. A colaboração da UNESP iniciou com participação pontual de docentes externos provenientes de Araraquara na década de 90, seguida pelo convênio induzido pela CAPES em julho 2001. Essa indução feita pela CAPES foi um indicativo importante de que as duas IES estavam no caminho certo para sustentar um Programa de modo sinérgico ou com força maior do que atuando isoladamente. O convenio previsto para 5 anos, com possibilidade de renovação, confirmou a força do Programa e serviu de estímulo para que a UNESP, através de seus representantes no Programa, apoiados e incentivados pela PROPG-UNESP, propusesse um envolvimento maior com a gestão do mesmo. Essa proposta foi bem recebida pelo PPGCF e pela PROPG-UFSCar, resultando na criação do PIPGCF, uma AA entre a UFSCAr e a UNESP-Campus de Araraquara*.

O novo Programa naturalmente apresenta desafios que estão de acordo com duas realidades. Uma do histórico de sucesso entre a UFSCar e a UNESP, e diferenças inerentes, não necessariamente antagônicas, entre as duas IES. Outra do conceito de redes de comunicação. A característica multicampi da UNESP indica a importância de criação de cursos em rede para esta universidade. A proximidade de Araraquara com São Carlos é um atrativo natural para formar um eixo de associação entre as duas IES.

* A associação formal do PIPGCF inclui duas Unidades da UNESP, Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Faculdade de Odontologia, sediadas em Araraquara. Essa formalidade não exclui a possibilidade de participação docente de qualquer outra Unidade da UNESP. Atualmente participam também do PIPGCF as Faculdades de Ciências-Bauru e de Ciência Agrárias e Veterinárias-Jaboticabal.

Histórico resumido

1. Criação do PPGCF-UFSCar pelo CCBS: Aprovado pelo Conselho Universitário da UFSCar em dezembro de 1992 (Parecer nº 212/92).

 2. Recomendação (Grupo Técnico Consultivo CAPES): Mestrado (29/06/1994); Doutorado (19/12/1997).

3. Indução CAPES: Convênio PPGCF UFSCar-UNESP, julho de 2001.

4. Indução PROPG-UNESP: Criação de Associação Ampla entre UFSCar e UNESP (FCF e FO Campus de Araraquara) formando o PIPGCF. Aprovada com Conceito 5 pelo Conselho Técnico Científico (CTC) da CAPES, outubro de 2008.

5. Início do PIPGCF UFSCar-UNESP: Agosto de 2009.

PIPGCF 2010-2012

PIPGCF 2007-2009

Mestrado e Doutorado

Ações do documento
Setembro 2017
Setembro
SeTeQuQuSeSaDo
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930